Loading
Nota de Estudos
Study Reminders
Support
Text Version

Set your study reminders

We will email you at these times to remind you to study.
  • Monday

    -

    7am

    +

    Tuesday

    -

    7am

    +

    Wednesday

    -

    7am

    +

    Thursday

    -

    7am

    +

    Friday

    -

    7am

    +

    Saturday

    -

    7am

    +

    Sunday

    -

    7am

    +

Introdução à Homeostasis
Homeostasis é a tendência do corpo para manter um estado estável.

Os fluidos corporais desempenham um papel importante neste processo.

O fluido de tecidos forma o ambiente imediato da célula viva. A fim de manter os processos de vida das células individuais, deve haver concentrações adequadas de oxigénio, dióxido de carbono, nutrientes, eletrólitos e outras substâncias dentro do fluido de tecidos.

Mantendo Homeostasis
Uma das funções principais de qualquer sistema de órgãos é ajudar a manter a homeostase.

Por exemplo, o sistema digestivo ajuda a manter uma concentração constante de nutrientes.

O sistema respiratório ajuda a manter uma concentração constante de oxigênio e a remoção do dióxido de carbono.

Mecanismo de Feedback
Todos os sistemas de órgãos são, pelo menos, parcialmente controlados por um mecanismo de feedback.

Um mecanismo de feedback assemelha-se ao termostato da família.

Quando a concentração de uma substância é muito baixa, o mecanismo de feedback estimula uma produção e / ou distribuição aumentadas. Quando o nível retornar ao normal, o mecanismo de feedback sinaliza uma diminuição na produção.

O corpo usa um mecanismo de feedback semelhante para a temperatura do corpo.

Balanço de Água
O organismo tem um requisito natural de uma certa quantidade de água para continuar a sua
processos corretamente.

A falta de fluido no sistema circulatório pode resultar em insuficiência cardíaca.

Quantidades excessivas de fluido nos espaços de tecidos causam inchaço do corpo, conhecido como
edema. Novamente o corpo usa mecanismos de feedback para manter o equilíbrio da água.

Saldo Eletrolítico
Os electrólitos do corpo devem também ser mantidos em equilíbrio. O equilíbrio eletrólico é uma consideração importante quando os fluidos são administrados a um paciente. Este equilíbrio de electrólitos é referido como "tonalidade".

Há três tipos de tonicidade, conforme a seguir:

Hipertonicidade
Hipotonicidade
Isotonicidade


Saldo Eletrolítico
Hipertonicidade
Se a concentração geral de eletrólitos for maior no fluido do tecido ao redor da célula, do que está no fluido intracelular dentro da célula, o fluido do tecido é hipertónico. Neste caso, a célula tende a ser destruída pela perda do seu fluido para o ambiente hipertónico.

Hipotonicidade
Se a concentração global de electrólitos for menor nos tecidos
Fluido do que está no fluido intracelular dentro da célula, o fluido do tecido é hipotónico. Em um ambiente hipotonico, o fluido entrará em uma célula e causará a inadiração e o rompião.

Isotonicidade
Se as concentrações de electrólitos forem as mesmas no fluido de tecidos e no fluido intracelular, a situação é equilibrada (homeostático). Isto é, os fluidos
são isotónicos.