Loading

Module 1: Coleridge Frost em Midnight

Nota de Estudos
Study Reminders
Support
Text Version

Símbolos e consciência

Set your study reminders

We will email you at these times to remind you to study.
  • Monday

    -

    7am

    +

    Tuesday

    -

    7am

    +

    Wednesday

    -

    7am

    +

    Thursday

    -

    7am

    +

    Friday

    -

    7am

    +

    Saturday

    -

    7am

    +

    Sunday

    -

    7am

    +

XSIQ
*

Inglês-Símbolos e consciência

Símbolos e consciência

" Mar, colina e madeira,
Esta aldeia populosa! Mar, e colina, e madeira,
Com todos os "goingas" de vida numerados,
INAUDÍVEL COMO SONHOS!' (ll.10-13)

Mais uma vez, temos o paradoxo dos "conotações do número menos".
'Inaudível'. Mas, novamente, o paradoxo não é só isso-porque nisso
a hora da noite os 'goings-on' são literalmente 'sonhos', exceto em
a consciência de um 'vivo' que estamos testemunhando em ação-a de
Coleridge em pessoa. A mente de Coleridge neste ponto se move de volta para o
cottage e foca muito de perto em um objeto-um pequeno filme de ashy
Flutuando na grade de seu fogo:

' a fina chama azul
Mentiras em meu fogo baixo queima-fogo, e não se pode fazer nada.
Só aquele filme, que flui sobre a grade.
AINDA FLAUTA LÁ, A ÚNICA COISA INTRANQUILA.' (ll.13-16)

Este filme é o símbolo central de todo o poema, por agora.
Vemos a mente do poeta como "A SOLE UNQUIET THING". O filme se torna o
símbolo da consciência de Coleridge.

Anterior | Avançar