Loading

Module 1: Glossário

Nota de Estudos
Study Reminders
Support
Text Version

Set your study reminders

We will email you at these times to remind you to study.
  • Monday

    -

    7am

    +

    Tuesday

    -

    7am

    +

    Wednesday

    -

    7am

    +

    Thursday

    -

    7am

    +

    Friday

    -

    7am

    +

    Saturday

    -

    7am

    +

    Sunday

    -

    7am

    +

XSIQ
*

Mitos Avançados-Glossário

Glossário

Frações envolvendo expressões algébricas. Por exemplo:

(Pode ser simplificado através de fracções parciais.)

ÂNGULO DE FRICÇÃO

O ângulo entre a reação resultante e a reação normal. Utilizado em
problemas de fricção e de planos inclinados.

DIFERENCIAR ANTI

O processo oposto de diferenciação, em que a função original pode
ser localizado a partir da função diferenciada.

DIAGRAMA DE ARGAND

Usado para exibir números complexos nos quais o eixo horizontal é real (x) e
o eixo vertical é imaginário (_iy_), mostra ambos Cartesiano (_x_ + _iy_)
e polar (_r_ cisq).

ASINTOTES

Denotado por uma linha pontilhada ou curva em um gráfico que mostra onde a função
está indefinido.

PONTOS DE FRONTEIRA

Para integração definitiva, você está encontrando a área sob a função
_f (x) _ entre dois valores de _x_ (limites). Esses limites são mostrados
como números abaixo do sinal de integral (o valor inferior) e acima (o valor mais alto
valor). Também chamados de terminais de integração.

EQUAÇÃO CARTESIANA

Pode ser representado em um plano Cartesiano (duas variáveis apenas). Pode ser encontrado
de equações paramétricas usando substituição.

REGRA DE CADEIA

Usado em problemas de substituição:

COLINEAR

Pontos que estão na mesma linha.

CONJUGAR CONJUGAL

Um número complexo que tem a parte imaginária o sinal oposto para o
número complexo original. Quando um número complexo e seu conjugado são
multiplicar juntos o resultado é um número real.

FATORES COMPLEXOS

Quando uma polinomial é factorizada e nem todos os fatores são reais, o complexo
Os fatores estão no formato (_z_-_ai_) ou (_z_ + _ai_).

RAÍZES COMPLEXOS

A solução de um polinomial com fatores complexos do formato _z_ = _ai_ ou z
=-_ai_.

COMPATENTE

Ângulos complementares são ângulos que se somam ao total de 90 graus. O
relacionamentos trigonométricos:

e:

podem ser mostrados usando um triângulo direito aneihado.

FÓRMULAS DE ÂNGULO COMPOSTO

Estas fórmulas são apresentadas na folha de fórmula no exame, juntamente com a
Fórmulas de ângulo duplo. Eles são usados para regravar funções trigonométricas em
um formulário que pode ser anti diferenciado facilmente. Os ângulos compostos são:

DIAGRAMAS DE CONCEITO

Uma maneira de organizar, classificar e vincular informações ao posicionar o indivíduo
conceitos em um círculo (ou oval) e vinculando com outros conceitos usando linhas
e comentários sobre a conexão entre os dois conceitos.

PARES DE CONJUGATE

Se uma raiz for complexa, outra raiz deverá ser o conjugado do
Primeiro, e as raízes dizem estar em pares conjugados.

DE' MOIVRES THEOREM

Usado para encontrar poderes de números complexos fornecidos na forma polar:

Isso é fornecido na folha de fórmulas.

CASAS DECIMAIS

Quando uma resposta é dada a um certo número de algarismos após o decimal
local. Por exemplo, 16,95 é dado a duas casas decimais.

DEFLEXÃO

Quando um objeto é movido (por uma força) resultando em uma alteração de seu usual
posição. Geralmente usado com feixes de viga fixado em uma extremidade.

DIFERENÇA DE DOIS CUBOS

Utilizado para factorizar os polinómiais:

DIFERENÇA DE DOIS QUADRADOS

Usado na factorização de polinómials:

DILUIR

Onde um gráfico de base pode ser maior ou menor para obter o gráfico de
outra função. Por exemplo:

é menor do que:

por um fator de 5.

PRODUTO DE DOT

Usado para multiplicar dois vectores juntos. Apenas multiplique a mesma direção
em conjunto-todas as outras combinações serão iguais a zero (perpendicular).

FÓRMULAS DE ÂNGULO DUPLO

Estas fórmulas são apresentadas na folha de fórmula no exame, juntamente com a
Fórmulas de ângulo composto. Eles são usados para reescrever funções trigonométricas
em uma forma que pode ser antidiferenciada facilmente:

são ângulos duplos.

RESPOSTA EXATA

Quando a resposta é deixada em forma de surdina ou em termos de pi (p).

TEOREMA DO FACTOR

Este teorema afirma que se uma polinomial for dividida por (_x_-_a_) e a
o restante é zero, então (_x_-_a_) é um fator.

Quando uma função pode ser expressa como o produto de seus fatores, as raízes
(_x _intercepts) pode ser localizado.

FOLHA DE FÓRMULA

Lista de fórmulas dadas nos exames. Pode ser obtido de sua escola.

IDENTIDADE FUNDAMENTAL

Obtidos a partir de um triângulo angular à direita no círculo da unidade, (hipotenusa =
1), e usando o teorema de Pitágoras para obter a expressão:

TEOREMA FUNDAMENTAL DE CÁLCULO

A área entre um gráfico e o eixo _x_ pode ser localizada utilizando a parte integral
entre dois valores de:

x

SOLUÇÃO GERAL

Ao integrar uma função, sempre inclua (+ c) para permitir os vários
funções que poderiam ter sido diferenciadas para obter o original
função.

GRADIENTE

A inclinação de um gráfico pode ser obtida através da utilização da diferenciação.

GRAVIDADE

A atração do campo gravitacional do planeta em um corpo em ou perto dele.
Superfície.

Aceleração constante devido à gravidade (_g_ = 9,8 ms-2 na Terra).

CONDIÇÕES INICIAIS

Isso permite que uma solução geral seja mudada para uma solução específica. Por
substituindo por _x_ e _f (x) _ a constante específica pode ser avaliada para
as condições específicas. (_Initial_ geralmente se refere ao início quando _t_ =
0 ou _x_ = 0)

INTEGRAL

A área sob uma curva em um determinado domínio é localizada usando anti
diferenciação e substituição para o ponto final do domínio, em seguida
subtraindo a extremidade inferior a partir da extremidade superior:

INTERCEPTOS

As interceptações _x_ e _y_ são onde um gráfico cruza os axes _x_ e _y_ (em
_y _= 0 e _x_ = 0, respectivamente); ou onde dois gráficos cruzam sobre cada um
outros.

INTERVALO DE INTEGRAÇÃO

Para integração definitiva, você está encontrando a área sob a função
_f (x) _ entre dois valores de _x_-este é o intervalo de integração.
Esses valores são mostrados como números abaixo do sinal de integral (o valor inferior)
e acima (o valor mais alto). Eles são chamados _limite pontos _ ou o
_terminais de integração_.

TEOREMA DE LAMI

Usado para resolver problemas onde três forças estão em equilíbrio:

onde a força é dividida pelo seno do ângulo entre os outros dois
forças.

SUBSTITUIÇÃO LINEAR

Usado para resolver equações do tipo:

ou:

LEIS DE LOG

Elas são usadas em equações diferenciais para simplificar as soluções:

MAGNITUDE

Refere-se ao valor numérico positivo.

MAGNITUDE DE UM NÚMERO COMPLEXO

O valor numérico do número complexo localizado utilizando:

a partir da folha de fórmula; em que _r_ é o comprimento da hipotenusa (polar
).

MAGNITUDE DE UM VETOR

O valor numérico do vetor localizado utilizando:

a partir da folha de fórmulas.

MAGNITUDE DA ÁREA EM GRÁFICO

Ao integrar uma função que cruza o eixo, será necessário
Considere cada seção separadamente. Encontre a magnitude do lado negativo,
e, em seguida, inclua isso na área do lado positivo. Isso é denotado por
linhas retas em ambos os lados da parte integral. Por exemplo, _f (x) _ cruzes
sobre o eixo _x_ em _x _ = _b _e a seção de _x_ = _b_ to _x_ = _c_
está sob o eixo _x_:

REGRA DE MIDPOINT

Utilizado para localizar a área sob uma função, aproximando-se de uma série de
retângulos com altura obtida a partir do ponto médio de cada intervalo.

RAÍZES NÃO REAIS

Também chamada de raízes complexas, encontradas resolvendo polinômios com complexo
fatores.

EQUAÇÃO PARAMÉTRICA

Uma equação em que cada direção é em termos de uma variável (geralmente tempo)
Por exemplo:

OS QUADRADOS PERFEITOS

Utilizado ao localizar raízes complexas:

(Conclua o quadrado, em seguida, use a diferença de dois quadrados permitindo)

PERIÓDICO

Se uma função for periódica, ela será repetida após um determinado período de tempo.
Isso é usado em trigonometria para esboçar funções ou localizar equações.

é uma função seno com amplitude _a_ e ponto.

VECTOR PERPENDICULAR

Um vetor que está em ângulos certos para outro vetor.

COORDENADAS POLARES

Onde um número complexo é definido utilizando um ângulo e o comprimento do
hipotenusa do triângulo feito a partir da forma cartesiana na Argand
diagrama. [ _r_, q ]

VECTOR POSIÇÃO

O local de um objeto relativo a um ponto de referência (origem):

REGRA DO PRODUTO

Isso está na folha de fórmula e é usado para diferenciar o produto de
Duas funções:

FÓRMULA QUADRÁTICA

Usado para localizar as raízes de um polinomial quadrático quando a factorização não é
possível:

sendo:

(Não na folha de fórmula.)

REGRA QUOTIENT

Isto está na folha de fórmula e utilizado para diferenciar o quociente de dois
funções:

TAXA DE MUDANÇA

Problemas de equação diferencial usando a regra de cadeia. Por exemplo, localizando
A taxa de variação do volume:

DENOMINAR DENOMINADOR

Para tornar o denominador real multiplicando pelo complexo conjugado conjugado e
eliminando a parte não real do número. Por exemplo:

como:

FUNÇÕES RECÍPROCAS

Se uma função puder ser representada como o recíproco de uma função que pode
ser esboçado, em seguida, esta função também pode ser esboçada:

MOVIMENTO RETILÍNEO

Moção em linha reta. Utilizado em exemplos de kinemáticos

RESOLUÇÃO DE UMA FORÇA

Substituir uma força por duas outras forças em ângulos certos entre si.

DOMÍNIO RESTRITO

Isso é utilizado quando apenas uma parte da função é necessária. Por exemplo, quando
encontrando a área entre duas curvas você precisará encontrar os pontos de
intersecção e integração entre estes dois valores. Isso também é usado para
funções trigonométricas inversa.

REAÇÃO RESULTANTE

Encontrado por adição da força de fricção e da reação normal.

ESCALAR RESOLUTO

Ao resolver um vetor em duas direções, o escalar resoluto é o
magnitude do vetor resoluto.

NÚMEROS SIGNIFICATIVOS

Sempre que uma resposta é dada a um número total de algarismos, incluindo os
antes e depois da casa decimal, por exemplo, 16.95 tem 4 significantes
figuras.

SOLUÇÃO ESPECÍFICA

Localizado a partir da substituição das condições iniciais (ou específicas) para o
Solução-geral e encontrando a constante "c".

PONTO ESTACIONÁRIO

Isso inclui todos os casos do gradiente sendo momentaneamente zero-maximums,
minimos e o ponto de inflexão estacionário onde o gradiente é o
o mesmo sinal antes e depois dele, é zero. Por exemplo, (positivo, zero,
positivo) ou (negativo, zero, negativo).

CONCEPÇÃO DO ESTUDO

Um resumo das competências que devem ser aprendidas neste estudo sob a forma de
Uma série de pontos com pontos. Disponível nas escolas.

SUBSTITUIÇÃO

Para substituir parte de uma expressão por uma variável que simplifica o
e permite que a solução seja localizada.

SOMA DE DOIS CUBOS

SURDS

Uma raiz quadrada que não pode ser fornecida como uma resposta exata, avaliando. Para
exemplo, a raiz quadrada de 6 é 2.44949 a 6 casas decimais
(aproximadamente).

SIMÉTRICO

Localizando expressões alternativas para funções trigonométricas utilizando:

p + q

p-q

2p + q

2p-q.

TANGENTE

A linha reta que toca uma curva (ou círculo) em apenas um ponto e
tem o mesmo gradiente que a curva a essa altura.

TENSÃO

A força exercida sobre um objeto por meio de uma corda ou sequência (T).

TERMINAIS DE INTEGRAÇÃO

Para integração definitiva, você está encontrando a área sob a função
_f (x) _ entre dois valores de _x_. Eles são mostrados como números abaixo da
sinal integral (o valor inferior) e acima (o valor mais alto). Também called_
pontos de limite _.

TILDE

O símbolo (~) em uma letra que diz a você que é um vetor.

TRANSFORMAÇÕES

Usado onde uma função básica pode ser identificada e movida para dentro e para cima para
obter o gráfico de outra função. Por exemplo:

é o gráfico _ básico com b _ traduzido para a direita e _c_ traduzido
para cima.

REGRA TRAPEZOIDAL

Utilizado para localizar a área sob uma função, aproximando-se de uma série de
trapeziomas que utilizam as alturas nos confins de cada intervalo.

PONTO DE VIRAMENTO

Onde a função altera seu gradiente e é momentaneamente zero. Para um
mudança de positivo para negativo, o ponto de viragem é um máximo local; para um
negativo para a mudança positiva, o ponto de viragem é um mínimo local.

CÍRCULO DA UNIDADE

Um círculo de magnitude de magnitude 1. Utilizado para definir funções trigonométricas.

ACELERAÇÃO VARIÁVEL

A aceleração varia com o tempo (geralmente), e para encontrar posição ou velocidade
vectores que vocês precisarão usar técnicas de cálculo.

VETOR RESOLUTO

Ao resolver um vetor em duas direções, o vetor resoluto tem os dois
magnitude e direção.

VETOR DE VELOCIDADE

Um vetor que representa a velocidade de um objeto. Ele é localizado por
diferenciando o vetor de posição ou antidiferenciando o
Vector de aceleração.

Anterior | Avançar